Para muita gente a escrita é algo complexo de ser feito, mas na realidade é muito mais simples do que parece. É claro que não há uma fórmula que lhe dará as técnicas sobre como fazer uma redação da noite para o dia, mas sempre há algumas dicas úteis para que você possa ser bom na escrita e mandar bem naquele concurso tão almejado ou até mesmo no processo seletivo de uma companhia aérea.

No artigo de hoje nós vamos tratar de 5 dicas simples que vão ajudar você no desenvolvimento de uma ótima redação por meio da prática da leitura, de exercícios de escrita e até mesmo como você pode dar utilidade para as mídias sociais durante seu preparo para desenvolver uma redação de mestre. Está com a gente? Então sem mais delongas, vamos ao que realmente interessa. Tenha uma ótima leitura!

1. Crie o hábito da leitura

Pode parecer um processo longo, mas não! Por mais curto que seja um livro que você mergulhe em sua história ou até mesmo uma notícia na internet, sempre haverá a possibilidade de você se deparar com novas palavras, conhecer sinônimos para termos do seu vocabulário e também conhecer antônimos, o que será de grande utilidade para que você não empregue termos incoerentes acidentalmente à sua redação.

Além disso, conforme for se soltando e criando afinidade com a leitura, certamente chegará o momento que você sentirá a vontade de mergulhar fundo no universo da leitura. É um processo natural. Acredite!

2. Escreva bastante

Sobre escrever bastante o nosso objetivo não é fazer com que você crie um estilo de escrita. Aliás, é claro que isso vai ocorrer: quando perceber já terá criado seu próprio estilo. Enfim, o objetivo principal desta dica é mostrar para você que, assim como jogadores de futebol que treinam bastante viram craques e personalidades do cinema que ensaiam muito viram estrelas, você pode ser uma pessoa muito boa na redação por meio de alguns exercícios. Conheça agora mesmo dois ótimos exercícios:

Descreva algo em seus mínimos detalhes

Por vezes temos uma certa dificuldade de começar a escrever. Isso acontece por conta de um bloqueio de ideias que pode nos atrapalhar na hora de colocar as palavras no papel. Para fugir desse bloqueio, um ótimo exercício é tentar escrever sobre algum objeto, alguma pessoa ou algum prato alimentício. Não entendeu? Não se desespere, pois explicaremos melhor logo abaixo. Continue com a gente para entender como fazer uma redação.

Escolha algo que esteja perto de você e comece a escrever sobre os mínimos detalhes. Por exemplo: imagine que há uma luminária perto de você. Escreva sobre como ela é descrevendo-a em todos os aspectos, ou seja, fale sobre a sua cor, escreva sobre as possibilidades de flexão para iluminar para qualquer lado que você desejar. Fale ainda sobre o tamanho e a cor de sua lâmpada. Se ela for personalizada não deixe de falar de outros detalhes como os desenhos e as cores, por exemplo.

Escreva sem parar

Aqui você poderá até se divertir durante o exercício de sua escrita, sabe por quê? Porque aqui você irá escrever sobre tudo, tudo mesmo o que vier em sua mente e nem vai precisar se preocupar com pontos e vírgulas, apenas em colocar tudo no papel.

Não esqueça de determinar um tempo de escrita, por exemplo, 1 ou 2 minutos escrevendo sem parar. Ah, e por falar em escrever sem parar, não vale nem parar para ler o que escreveu, não enquanto não terminar o tempo pré-estabelecido para o exercício, combinado?

É claro que no momento da sua redação você não terá tempo nem mesmo papel para praticar esses exercícios, mas se você tiver o hábito, temos certeza de que você não terá dificuldade para começar a redação, o que será muito útil para evitar a perca de tempo.

Bem, agora que você já viu que pode ser divertido se preparar para uma redação, então é a hora de partirmos para a próxima dica. Vamos nessa?

3. Organize suas ideias e a estrutura da redação

Quando falamos de estruturar ideias você deve ter em mente que seus argumentos devem compor o desenvolvimento de sua redação. E por falar nisso, a organização de suas ideias pode ser feita em anotações na folha de rascunho da redação. Vamos a um exemplo?

Imagine que o tema da sua redação seja “A Profissão de Comissário de Bordo”. Com base neste tema você pode se organizar em tópicos, Veja abaixo:

  • As atribuições de um comissário de voo
  • Sua identificação com a profissão
  • As características do profissional
  • A sua relação com o passageiro

E já que estamos falando da organização das suas ideias, por que não falarmos também da organização da estrutura do seu texto?

Introdução

É aqui que você deve apresentar a sua redação, ou seja, dizer ao seu leitor tudo o que ele vai ler nas linhas seguintes à introdução, por tanto, é importante objetividade nesta etapa. Faça isso em 2 ou 3 frases e então passe para a próxima parte da redação, o desenvolvimento.

Desenvolvimento

Esta é a parte mais longa da sua redação. É no desenvolvimento que você vai apresentar seus argumentos acerca das ideias que organizou antes de iniciar a produção do texto.

Discorra sobre seus argumentos em 3 ou 4 parágrafos. Aqui é importante ser objetivo, pois isso pode evitar problemas como a falta de linhas para a continuidade do texto. Se você optar por quebrar o desenvolvimento para partir para a conclusão apenas para não estourar o limite de linhas a sua redação provavelmente perderá o sentido e por consequência, muitos pontos na correção.

Conclusão

A sua conclusão pode ser arrasadora e o incrível é que não há segredo para isso. Para mandar bem na conclusão da sua redação, retome a sua introdução e recapitule tudo o que foi abordado no texto. E quer causar um efeito muito bom? Que tal deixar uma reflexão em aberto para o seu leitor ou provoca-lo por meio de uma chamada para uma atitude? Você irá conferir tudo isso até terminar esta leitura, então continue com a gente e veja como funciona na prática.

4. Leia e releia

Quando tiver concluído a sua redação, toda leitura é válida, pois a cada vez que você a lê há uma chance extra de encontrar possíveis erros e então corrigi-los.

Outro ponto satisfatório sobre o ler e reler da sua redação é que você também analisará a estrutura para verificar se há a necessidade de readequação e até mesmo assegurar uma boa fluidez para a leitura.

5. Use as mídias sociais a seu favor

A primeira coisa que você deve imaginar sobre unir mídias sociais aos seus estudos e preparo pode parecer uma má ideia por conta da distração que você pode ter. E está certo, mas você pode ter foco e ser objetivo no uso da ferramenta para que possa tornar o seu preparo um pouco mais divertido e não parecer que a escrita é um bicho de sete cabeças. E vamos explicar o porquê:

Há em plataformas como o Instagram, por exemplo, alguns perfis que vão te auxiliar de forma descontraída a aprender regras gramaticais e de estrutura textual. Veja alguns perfis que vale a pena você seguir:

Porquê dicas

O perfil @porquedicas traz diferentes significados para as mesmas palavras e quando você deve emprega-las corretamente. Além disso ainda há dicas de acentuação e formas corretas de escrever a mesma coisa, mas com diferentes significados. Como o próprio perfil diz, o objetivo é detonar as dúvidas e salvar a língua portuguesa.

Português dicas

O perfil @portuguesdicas do professor Marcelo Rolim tem o mesmo objetivo do Porquê dicas, mas abrange muito mais temas dentro da língua portuguesa. Há um imenso volume de imagens com soluções de dúvidas. E há ainda um canal do YouTube vinculado à página que você não pode deixar de conferir.

Para quem não tem o hábito da leitura, escrever pode ser um grande desafio. Por isso, se jogar nos livros é sempre uma boa ideia, pois irá enriquecer seu vocabulário além de acrescentar muito conhecimento de forma geral. E claro que a prática é fundamental para mandar bem na hora da redação.

Então, em nosso artigo nós vimos o quanto se preparar para uma redação pode ser divertido, não é mesmo? Pois além de reforçar a importância da leitura em sua preparação, ainda compartilhamos ótimas dicas e até mesmo mostramos que mídias sociais podem ser úteis para sanar algumas dúvidas de uma maneira bem descontraída. Ah, sem contar os exercícios que você não pode deixar de praticar.

E você? Quando foi a última vez que leu a um bom livro? Se ainda não o fez, não se preocupe, pois nunca é tarde para viajar pelas páginas, certo? E temos certeza de que você não quer ficar por fora de conhecer novos horizontes e irá colocar a leitura e a escrita em seus hábitos, não é verdade?

Além de praticar e aprender, você ainda pode contribuir para que mais pessoas vejam nossas dicas sobre como fazer uma redação. Compartilhe o nosso artigo em suas redes sociais e então contribua para que seus amigos também conheçam essas dicas.